Autorias

beletrista

“[…] Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível, que lhe deres:
Trouxeste a chave? […]”
A Procura da poesia” – Carlos Drummond de Andrade

se fosse para se definir em uma palavra, qual palavra você escolheria? estive pensando na reposta dessa clássica pergunta. creio que muitas palavras podem definir uma pessoa, afinal, um ser humano é um conjunto de infinitos – eu mesma tatuei “warrior” em minhas costas há uns anos atrás, pelo fato de me considerar uma guerreira. mas, se eu precisasse escolher uma, apenas uma e unicamente uma palavra para definir quem sou eu, eu diria: beletrista. e é por isso que chamo esse meu cantinho. é por isso que essa será minha próxima tattoo. é devido ao significado dessa palavra que hoje estou onde estou – no curso dos sonhos na faculdade dos sonhos. beletrista. alguém que ama e cultiva as belas letras. existe palavra mais bela no mundo? desde criança me identifico como tal. desde criança sou leitora apaixonada por cada letrinha que leio, desde criança me encantei por esse universo que expande meus horizontes. a leitura me move, me conduz, me ensina. a leitura faz eu viver milhares de vidas em apenas uma, conhecer outras histórias que não sejam a minha, conhecer outras possibilidades. “é preciso que a leitura seja um ato de amor”, disse um dia paulo freire. li isso na biblioteca da minha cidade que eu visitava todos os dias após sair de meu curso pré-vestibular. irônico, não? nesse curso eu ia e voltava todos os dias com o objetivo de entrar na tão sonhada universidade que eu queria estudar letras e assim pertencer a esse mundo até a última batida de meu coração, e na biblioteca que eu visitava com tanto carinho, lia isso. era uma motivação quando eu achava que eu não chegaria onde cheguei. era também uma verdade – a mais pura verdade. porque para ler, a gente precisa amar aquelas letras. ser um(a) beletrista é exatamente isso: amar as belas letras. quando você se encanta por um texto, sua leitura vai muito além. quando você lê por prazer, você quer ler cada vez mais. e descobrir cada vez mais. e amar os livros cada vez mais. e quando você menos espera, já não é mais apenas um leitor. você passa a carregar um infinito dentro de si com todas as histórias que você escolheu ler com seu coração. porque isso que é ser beletrista: conhecer o mundo através dos olhos, da mente, e, principalmente, do coração.

Sobre a autora

Caminho entre letras e sonhos: sou uma eterna apaixonada pelas viagens que as páginas amareladas de um livro pode me levar. Cada página virada é uma nova aventura; em êxtase entro só de pensar. Amo tudo o que me faz expandir esse universo que eu sou; amo olhar minha estante pensando na próxima aventura em que embarcar eu vou. Entrando em sintonia comigo mesma, sou uma louca alucinada pelas belas letras.

Gostou desse post? Deixe sua opinião nos comentários! ♥

%d blogueiros gostam disto: